x

Ensino Médio tem déficit de pelo menos 32,7 mil professores, aponta TCU

11 de abril de 2014
Auditoria realizada em 24 estados e no Distrito Federal revela que a área de exatas é a mais carente

Ensino Médio tem déficit de pelo menos 32,7 mil professores, aponta TCU
João Bittar/MEC




Do Todos Pela Educação

O Ensino Médio brasileiro sofre com a falta de, no mínimo, 32,7 mil professores, essencialmente na área de exatas – matemática, química e física. Nesta última, o déficit seria de 9 mil docentes. Além disso, existem cerca de 46 mil profissionais sem formação específica e que poderiam ser capacitados nas áreas demandadas e mais 61 mil professores trabalhando em funções administrativas – ou seja, fora da sala de aula.

Os dados fazem parte de uma auditoria especial do Tribunal de Contas da União (TCU) juntamente aos Tribunais de Contas de 24 Estados e do Distrito Federal. Os Estados que não aceitaram participar do levantamento foram São Paulo e Roraima.

O levantamento do TCU traz informações sobre financiamento, gestão, professores e cobertura das redes estaduais de Ensino Médio. Por conta de simplificações adotadas nos cálculos, o órgão admite que os números podem ser ainda maiores. Por exemplo, dados de docentes que lecionam em duas disciplinas foram anotados como sendo de dois professores.

Vínculo
A quantidade de professores contratados em regime temporário também foi apurada no estudo: cerca de 30% dos profissionais do Brasil estão nessas condições. Em alguns estados, a taxa supera os 60% - caso do Mato Grosso do Sul (61%), Mato Grosso (64,8%) e Espírito Santo (66,6%).

Quanto ao financiamento, a auditoria mostrou que existem grandes diferenças entre as formas e os sistemas que calculam o quanto de dinheiro é investido na Educação pública. As redes estaduais informam ao Ministério da Educação (MEC) que investem, juntas, cerca de R$ 13,3 bilhões a mais do que informam ao Relatório Resumido de Execução Orçamentária (RREO).

Dados
O desafio de combater o déficit de docentes passa pela formação. Um levantamento recente do Todos Pela Educação para o Observatório do PNE mostrou que mais da metade dos professores Ensino Médio (51,7%) da rede pública do Brasil não tem licenciatura na disciplina que leciona.

De acordo com as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio (Resolução CNE/CEB nº 2, de 30 de janeiro de 2012), o número total de disciplinas a serem oferecidas nessa etapa de ensino é 13.

Para ler o relatório do TCU, clique aqui.
 


Ver todas as notícias


Carregando

Ainda não há comentários.

Seja o primeiro a comentar.




Seu comentário foi enviado com sucesso.




 

Leia os termos de uso antes de enviar sua mensagem.
Li e aceito os termos de uso.

 

Consulte nosso glossário

  • A
  • B
  • C
  • D
  • E
  • F
  • G
  • H
  • I
  • J
  • K
  • L
  • M
  • N
  • O
  • P
  • Q
  • R
  • S
  • T
  • U
  • V
  • W
  • X
  • Y
  • Z

Sua mensagem foi enviada com sucesso!
 
 
 

Não foi encontrado nenhum registro com os critérios informados.