x

Atendimento de crianças de 4 a 5 anos no Brasil avança 17 pontos percentuais em 10 anos

19 de janeiro de 2016
Mudança ocorre de forma desigual entre as unidades da federação e não é suficiente para garantir a universalização do acesso

Fonte: Todos Pela Educação




O acesso à Educação Básica para crianças e jovens de 4 a 17 anos cresceu de forma constante no Brasil na última década – de 89,5%, em 2005, para 93,6%, em 2014 , segundo levantamento feito pelo Todos Pela Educação com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), realizada anualmente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), para monitoramento da Meta 1 do movimento – Toda criança e jovem de 4 a 17 anos na escola. Nesse cenário, merece destaque o fato de que o maior avanço no atendimento se concentra na Pré-escola, para crianças de 4 e 5 anos, etapa que passou a integrar a Educação Básica com a aprovação da Lei de Diretrizes e Bases da Educação, em 1996. Nos últimos dez anos, o percentual nessa faixa etária variou de 72,5% para 89,1% – uma evolução de 16,6 pontos percentuais.

Para conferir a matéria completa do Todos Pela Educação sobre o tema, clique aqui.


* Sobre as metas do Todos Pela Educação

O TPE, fundado em 2006, definiu 5 Metas para que até 2022, ano do bicentenário da independência do país, o Brasil garanta a todas as crianças e jovens o direito à Educação de qualidade. São elas:

1. Toda criança e jovem de 4 a 17 anos na escola

2. Toda criança plenamente alfabetizada até os 8 anos

3. Todo aluno com aprendizado adequado ao seu ano

4. Todo jovem de 19 anos com Ensino Médio concluído

5. Investimento em Educação ampliado e bem gerido

Também foram definidas pelo movimento metas intermediárias para permitir um acompanhamento periódico dos indicadores. Neste ano, a metodologia utilizada para o monitoramento da Meta 1 foi revista: passaram a ser contados no cálculo do indicador, crianças e jovens que completaram a idade adequada para o ingresso em cada ano escolar até 31 de março do ano corrente, e não mais até 30 junho, conforme a Resolução nº 1/2010 da Câmara de Educação Básica do Conselho Nacional de Educação (CEB/CNE). A mudança é retroativa. Os indicadores e as respectivas metas intermediárias podem ser conferidos no site do TPE www.todospelaeducacao.org.br/indicadores-da-educacao/.

Informações para a imprensa: Bárbara Benatti: barbara@todospelaeducacao.org.br / (11) 3145-5377 R.111


Ver todos os releases


Consulte nosso glossário

  • A
  • B
  • C
  • D
  • E
  • F
  • G
  • H
  • I
  • J
  • K
  • L
  • M
  • N
  • O
  • P
  • Q
  • R
  • S
  • T
  • U
  • V
  • W
  • X
  • Y
  • Z

Sua mensagem foi enviada com sucesso!
 
 
 

Não foi encontrado nenhum registro com os critérios informados.