• <

O brasileiro sabe: a Educação precisa melhorar

POR 03 Abr, 2018

Especiais

A maioria dos brasileiros demonstra insatisfação com a escola pública, segundo a pesquisa

Reconhecer que a qualidade da Educação brasileira precisa melhorar é um dos primeiros passos para começar a sentir a urgência de colocá-la em primeiro lugar na lista de prioridades para o desenvolvimento do País. Passo dado: a maioria dos brasileiros demonstra insatisfação com a escola pública, segundo a pesquisa Retratos da Sociedade Brasileira - Educação Básica, que o Todos Pela Educação realizou em parceria com a Confederação Nacional da Indústria (CNI), divulgada hoje (03/04).

 

Em 2013, metade da população classificava a Educação Básica pública como “ótima” ou “boa”. Em 2017, esse número caiu para 34%. Outra comparação: em 2010, 13% achava que os alunos saíam do Ensino Fundamental e do Médio despreparados para a etapa escolar seguinte; três anos depois, essa porcentagem foi para 17%; em 2017, já chegava aos 22%. 

 

A pesquisa também analisou como anda a percepção dos brasileiros sobre a relação da Educação com outras temáticas, como violência, corrupção e desenvolvimento do País. A maioria (77%) concorda total ou parcialmente que o problema da violência se relaciona diretamente com a baixa qualidade da Educação. Seis em cada dez brasileiros dizem o mesmo em relação à corrupção. Ainda segundo os dados, aumentou de 61% para 74% o percentual dos que concordam totalmente que um ensino de baixa qualidade é prejudicial para o desenvolvimento do país. Os resultados demonstram o que já falamos por aqui: para crescermos, precisamos exigir Educação Já.

 

Saiba mais sobre a percepção dos brasileiros nessas áreas:

 

Como os brasileiros percebem a relação entre Educação e desenvolvimento do País? Confira aqui.

 

Quer saber qual a relação entre violência e Educação? Leia aqui.

 

E qual a percepção da população sobre Educação e corrupção? Veja aqui.  

 

Acesse aqui a pesquisa na íntegra.



SHARE