• <

Por que Fernando Haddad está no Diálogos #EducaçãoJá

POR Todos Pela Educação 15 Ago, 2018

Acontece no Todos


Educação Já

Entenda os motivos que explicam a participação do representante do PT nas nossas entrevistas.

 

Não há ferramenta mais potente e importante para o exercício da democracia quanto manter canais abertos para debater, criticar (e mesmo refutar) ideias e posições sobre determinados assuntos. Disso nós sabemos, e como sabemos! Afinal, nestes últimos dias, estamos vendo isso na prática ao receber inúmeras manifestações sobre a participação de Fernando Haddad, atual representante do Partido dos Trabalhadores (PT) nestas eleições presidenciais, em nossos Diálogos #EducaçãoJá.

 

Os entendimentos sobre esta questão são variados por parte dos usuários de nossos canais. Entretanto, para não deixar dúvidas quanto à visão do Todos e para agir com a maior transparência possível perante os internautas, achamos importante dar as seguintes explicações:

 

1. Por que Fernando Haddad e não outros candidatos?

 

Para convidar os candidatos para os Diálogos #EducaçãoJá, o Todos definiu como critério aqueles com mais de 2% das intenções de voto na última pesquisa do Instituto Datafolha, divulgada em junho deste ano. Entendemos que são eles que possuem as maiores probabilidades de ocupar a Presidência do País. Ou seja: os candidatos e candidatas que não atingiram 2% das intenções de votos ficaram de fora da seleção.


 

2. Por que Fernando Haddad, se ele não é candidato?  

 

Fernando Haddad é o atual representante do Partido dos Trabalhadores. Como a candidatura de Lula não está impugnada pela Justiça, Haddad é seu representante escolhido pelo partido. Isto posto, em cenários avaliados pelo Datafolha, o partido receberia mais de 2% das intenções de votos, o que o faz elegível a participar das nossas entrevistas.

 

 

3. Meu candidato ou candidata tem mais do que 2% das intenções de voto. Por que ele não está participando?  

 

Aos candidatos acima desta nota de corte, nós fazemos um convite formal para participar do Diálogos. Além dos candidatos que já confirmaram presença, também foram convidados Jair Bolsonaro (PSL) e Álvaro Dias (Podemos), que ainda não definiram data para participarem. Já Manuela D'Ávila (PCdoB) teve a participação individual cancelada, uma vez que retirou a candidatura para fazer coligação com a chapa do PT.


 

4. Por que vocês tiraram o logotipo da Folha no Diálogos com Fernando Haddad?

 

Fernando Haddad não conta com o apoio institucional da Folha de S.Paulo, e temos que respeitar tal escolha. Ainda assim, vamos realizar o Diálogo com o representante por nossa conta, sem envolver o jornal. Sentimos que é dever nosso, um movimento suprapartidário e que preza pela pluralidade de ideias, oferecer à sociedade diversas ideias, visões e soluções para a Educação brasileira, independentemente da filiação partidária do candidato que seja seu porta-voz e desde que sejam atendidas as condições da nota de corte para manter o processo justo a todos os participantes.

 

 



SHARE