x

Professora fala sobre os desafios da correção de fluxo escolar

02 de agosto de 2017
Para Marta Loffi, o Ensino Fundamental II é etapa escolar com mais problemas de defasagem idade-série

Fonte: Todos Pela Educação

Professora fala sobre os desafios da correção de fluxo escolar
João Bittar MEC




Denise Crescêncio
Do Todos Pela Educação

Apesar de muito se falar sobre os problemas do Ensino Médio, os Anos Finais do Ensino Fundamental também merecem atenção especial das políticas públicas de aprendizagem, uma vez que os dados referentes a essa etapa não mostram progresso há anos. A professora Marta Loffi atuou em classes de aceleração no Ensino Fundamental da rede pública do município de Sorriso (MT), entre 2015 e 2016, e relata grandes desafios nessa etapa de ensino. Confira abaixo os principais trechos da entrevista que o Todos Pela Educação realizou com ela:

Quais as principais dificuldades em lidar com alunos em situação de defasagem?
Ao trabalhar com a turma de aceleração da aprendizagem, com o propósito de que os alunos atendidos aprendam e avancem no percurso escolar, é preciso sair da zona de conforto. É preciso mudar o conceito de que "todos aprendem ao mesmo tempo e da mesma maneira". Talvez o maior desafio é deparar-se com crianças em níveis de aprendizagem diferentes ainda no início do processo de alfabetização. Essas crianças desacreditadas, com a autoestima baixa, pensam que não conseguem mais aprender, e fazê-las frequentar as aulas com regularidade é nosso intuito.

Em qual etapa escolar é mais difícil de corrigir a defasagem idade-série?
É mais difícil corrigir a defasagem idade-série no Ensino Fundamental II porque a ruptura com as formas de aprender conhecimentos científicos e sistematizados já está bastante distante. Com idade mais avançada esses alunos já trilharam outros caminhos mesmo sem saber ler e escrever.

Como motivar os alunos tendo em vista os diferentes contextos familiares?
A escola vem trabalhando o respeito à diversidade entendida como identidade e grupos. Com a distorção idade-série, é preciso ir além disso. É necessário identificar a diversidade naquilo que ela tem de entrave no sucesso escolar - diagnosticar e agir. É preciso acreditar que os alunos são capazes de aprender, esquecendo os rótulos que trazem arraigados em um histórico de repetências e fracassos. O grupo diretivo e a família devem estar envolvidos neste processo diretamente com presença diária, participando, colaborando e cobrando. Temos que recuperar a autoestima desse estudante, fazer com que ele se sinta parte integrante, atuante do seu crescimento escolar. Resgatar seus valores, conhecê-lo e dar espaço para ele se expressar. Devemos também criar um vínculo entre o aluno e a escola, com base no respeito de um para com o outro, pois como esses alunos estiveram à margem do processo, estão sempre na defensiva, sendo até agressivos. Juntamente a esse “renovar pessoal”, é necessário apostar em aulas dinâmicas, com estratégias diversificadas. Organizar a classe de acordo com as necessidades da turma, adotando diferentes procedimentos durante e após a realização das tarefas. A mesma atividade é proposta para todos, mas a sua realização individual ou grupal deve ser diferenciada, de acordo com as possibilidades dos alunos naquele momento de seu processo de aprendizagem. Por fim, a dinâmica ou a técnica de hoje pode não dar certo amanhã, o que exige nossa atenção constante. 


Ver todas as notícias



Desde que a Prof. Marta iniciou o trabalho na classe de aceleração posso desfrutar da convivência com essa competente profissional que em momento algum mediu esforço para sair de sua zona de conforto e dedicar-se inteiramente aos seus alunos, buscando não apenas a proficiência científica, mas a formação humana de cada um deles. Hoje, sou professora de seus ex- alunos e posso comprovar o excelente trabalho desenvolvido pela Marta. São alunos que outrora desacreditados de um futuro melhor alcançado por meio dos estudos, que hoje veem uma esperança de alcançar os próprios sonhos. Sinto-me orgulhosa e honrada de poder fazer parte da história da educação desses adolescentes.Parabéns a todos os envolvidos nesse processo de despertar e renovar a essência de cada um desses alunos.

Carregando


Seu comentário foi enviado com sucesso.




 

Leia os termos de uso antes de enviar sua mensagem.
Li e aceito os termos de uso.

 

Consulte nosso glossário

  • A
  • B
  • C
  • D
  • E
  • F
  • G
  • H
  • I
  • J
  • K
  • L
  • M
  • N
  • O
  • P
  • Q
  • R
  • S
  • T
  • U
  • V
  • W
  • X
  • Y
  • Z

Sua mensagem foi enviada com sucesso!
 
 
 

Não foi encontrado nenhum registro com os critérios informados.